Prêmio Equilibrista 2019 é entregue para diretora corporativa do GRPCOM

0

A cerimônia promovida pelo IBEF-PR reuniu mais de 450 pessoas e condecorou executivos de grandes empresas de Curitiba

Milena Seabra Ferreira recebendo o Prêmio Equilibrista 2019

A diretora corporativa do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), Milena Seabra Ferreira, recebeu o Prêmio Equilibrista durante cerimônia realizada na noite de ontem (24) no Castelo do Batel. Considerado o “Oscar” das finanças, a executiva recebeu o troféu das mãos de Claudio Enrique Lubascher, presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Finança (IBEF-PR), e expressou sua emoção e gratidão em ser homenageada. “Estou muito honrada e feliz de estar nesta noite recebendo o Prêmio Equilibrista. Ver tantos amigos, família e pessoas especiais prestigiando esse momento, significa a coroação da minha trajetória profissional” reconhece Milena.

Troféu Equilibrista, é uma escultura do artista plástico Osni Branco, que simboliza o perfil de um verdadeiro executivo

O presidente do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), Guilherme Cunha Pereira, esteve presente no evento e prestigiou o recebimento do prêmio junto à Milena. “É uma alegria muito grande ver a Milena receber esse prêmio. Temos convicção que o projeto de transformação que ela liderou foi realmente excepcional. E quero destacar ainda, a grande intuição e sintonia que ela tinha, com o momento estratégico da organização. Ela nos ajudou a construir um Centro de Serviço Compartilhado que fosse compatível com a agilidade da empresa”, ponderou Pereira.

Já o gerente geral financeiro da MadeiraMadeira, Marcelo Romagnoli Piazzetta, recebeu o Prêmio Revelação de Finanças. “Esse troféu é uma conquista de toda a equipe e eu estou tendo a oportunidade de representar um pouco do trabalho excelente que é feito por todos nós. A nossa empresa é inovadora na cultura, no jeito de vender, na tecnologia utilizada e foi isso que nos trouxe aqui hoje” contou Piazzetta.

Por fim, o diretor administrativo e financeiro da Rocha Terminais Portuários e Logística, Juliano Mattar Dell’Agnolo, e o VP financeiro e diretor de RI da Rumo, Ricardo Lewin, foram agraciados com o título “Destaque de Finanças”.


Além dos prêmios, foram empossados durante a cerimônia os presidentes e integrantes dos comitês que compõem o Instituto Brasileiro de Executivos e Finanças (IBEF-PR). Segundo o presidente do instituto, Claudio Lubascher, a noite de ontem representa todo o trabalho e esforço do Instituto, na valorização dos executivos paranaenses e suas organizações. “É um dia extremamente especial para o Instituto. Poder premiar executivos desse calibre foi um momento muito feliz para todos, principalmente para mim como presidente. Ter o privilégio também de ter todos os diretores dos comitês como colegas, trabalhando junto em prol do Instituto, faz uma diferença enorme e é um motivo de muito orgulho e agradecimento”, ressaltou Lubascher.

O PRÊMIO EQUILIBRISTA

Desde 1985, o Instituto Brasileiro de Executivos e Finanças (IBEF-PR) realiza anualmente a premiação, que avalia os executivos de finanças a partir da postura de liderança, forma como foram contornadas situações adversas, conquista de objetivos traçados por meio de modernas técnicas de administração e a colaboração da empresa no setor que atua.

O troféu “O Equilibrista”, entregue ao ganhador, é uma escultura do artista plástico Osni Branco que simboliza o perfil de um verdadeiro executivo. Os braços estendidos, com as mãos abertas, têm a forma do ideograma chinês que significa amigo. O pé esquerdo, dando o primeiro passo, revela a intuição do profissional em perceber, com nitidez, que caminhos seguir.

A primeira mulher a receber o Prêmio Equilibrista, Nilva Amália Pasetto, esteve presente na cerimônia e expressou o orgulho em ter mais mulheres sendo reconhecidas. “Tive o privilégio de ser a primeira mulher Equilibrista no ano de 1995. Estar aqui hoje na entrega do troféu para mais uma mulher, a Milena, é um sentimento de muito orgulho e uma lembrança muito valorosa para mim. Na época foi um acontecimento na minha vida profissional, coroando todo o meu empenho como executiva financeira, em uma época onde as instabilidades econômicas e financeiras exigiam demais dos executivos de finanças”, contou Pasetto.

Cesar Franco

Colunista da Revista Dimensão.

Leave A Reply