Orquestra Sinfônica de Jerusalém faz apresentação em Curitiba

0

Com direção musical do maestro Frédéric Chaslin, a Orquestra Sinfônica de Jerusalém, uma das mais renomadas do mundo, estará em Curitiba para uma apresentação única no dia 1º de setembro, no Grande Auditório do Teatro Positivo. Os ingressos já estão à venda pelo Disk Ingressos. Fundada em 1930, a maioria de seus concertos ocorrem em sua própria sede, o Auditório Henry Crown, e tem sido gravados e transmitidos para o público israelense.

Nesse período, sete maestros já passaram pela orquestra que tem variado repertório, do Barroco ao Clássico, contemplando o período Romântico e atingindo inclusive compositores contemporâneos, muitos deles estreando suas obras junto à orquestra. A OSJ foi primeira orquestra israelense a executar obras de renomados compositores como Sofia Gubaidolina, Henry Dutilleux, Alfred Schnittke, entre outros. Desde sua concepção, a Orquestra Sinfônica de Jerusalém encoraja constantemente os artistas israelenses ao encomendar e executar suas obras.

Ao longo de sua história, alguns dos nomes mais lendários do mundo da música já se apresentaram junto a OSJ, como: Igor Stravinsky, Otto Klemperer, Arthur Rubinstein, Yehudi Menuhin, Mstislav Rostropovich, Isaac Stern, Pablo Casals, Igor Markevitch, Henryk Szeryng, Yo Yo Ma, Pierre Boulez, Neville Mariner, Christa Ludwig, Tabea Zimmermann, Martha Argerich, Radu Lupu, Jose Carreras, Jean Pierre Rampal, Maxim Vengerov e Yefim Bronfman.

Entre as estreias mais notáveis apresentadas estão: a ópera Davi (Mihaud,1954); a cantata Abraão e Isaac (Stravinsky) regida por Robert Craft, em 1964; e As Sete Muralhas de Jerusalém (Krzysztof Penderecki), sob a batuta do Maestro Lorin Maazel – obra esta feita sob encomenda aos 3.000 Anos de Jerusalém.

A Orquestra também realizou turnês pela Europa e EUA, apresentando-se em prestigiadas salas de concertos como Musikverein de Viena, Philharmonie em Colônia e os grandiosos teatros em Düsseldorf, Frankfurt e Lucerne, o Carnegie Hall em Nova Iorque, Colon em Buenos Aires, entre outros. No dia 26 de janeiro de 2015, a OSJ regida por Frederic Chaslin realizou concerto na UNESCO, em Paris, na ocasião do 70º aniversário da liberação do campo de Aushwitz.

Serviço:
Orquestra Sinfônica de Jerusalém
Dia 1º de setembro, às 21h, no Teatro Positivo – Grande Auditório
Ingressos de R$ 80,00 a R$ 240,00 (inteira)

Avatar

Jornalista há 15 anos com trabalhos realizados em jornais, revistas, internet, televisão e comunicação organizacional. Teve trabalhos de reportagem e assessoria de imprensa vencedores em diferentes prêmios de jornalismo. Escreve sobre os mais variados assuntos, por mais que prefira tudo que envolve direitos humanos. Crédito foto: Kraw Penas

Leave A Reply