O que fazer para chegar bem aos 100 anos?

0

Conversamos com o professor Igor Baran, especialista em movimento e atividade física para qualidade de vida

Igor Baran

Com a mudança da expectativa de vida, surge a preocupação com a qualidade desses anos que a gente espera viver a mais.  Algumas pessoas chegam aos 70 anos com boa situação financeira, mas sem boa condição física. O que fazer?

  • Hábitos saudáveis, alimentação adequada, exercícios físicos, mas tudo com orientação de um profissional qualificado.

Quando isso deve começar?

  • Isso é relativo, tenho um casal que está comigo há 15 anos. Eles decidiram começar aos 30 anos, por conta do que aconteceu com os pais, que chegaram aos 70, com situação financeira resolvida, mas com vários problemas de saúde e locomoção.  Cada um deve avaliar a sua vida e o seu histórico familiar. Quanto mais cedo iniciar, melhor será o resultado.  As pessoas se preocupam em fazer plano de aposentadoria, poupança e esquecem que para aproveitar isso, precisam ter boa condição de saúde e disposição.  Não adianta você poder viajar pelo mundo e ter dores que limitam a sua viagem, ou seja, a sua independência.

O que você faz?

  • Eu trabalho movimentos que são indispensáveis para um corpo saudável, com exercícios específicos de duas técnicas, a Contrologia (Pilates) e o método Core Align, que é o método de reorganização de funções, que trabalha equilíbrio, força, mobilidade articular e coordenação.

Quantas vezes por semana?

  • Não existe uma receita pronta. O ideal é fazer uma avaliação para entender qual a expectativa da pessoa. O meu objetivo é fazer com que as pessoas atinjam o objetivo delas.  A ideia é chegar na idade mais alta com independência.  É um trabalho de prevenção que não pode ser confundido com treino normal de academia, que não vai garantir esse resultado.

Igor Baran

WhatsApp (41)99969-6909

barankiewicz@me.com

Cesar Franco

Colunista da Revista Dimensão.

Leave A Reply